Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Há um ano escrevia este post:

 

"Hoje encerro um capítulo e abro as portas a uma nova etapa na minha vida.

 

Devido a uma forte suspeita que eu possa sofrer de uma doença "incurável" aos olhos da medicina no âmbito ortopédico, leva-me a tomar uma grande decisão na minha vida e reeducação alimentar, uma vez que esta é uma das formas de fazer com que as crises da doença sejam menores ou mesmo que desapareçam. Para isso, diz um estudo, que necessito fazer uma alimentação anti-inflamatória! O bom no meio disto tudo, é que estou a comprovar que tinha mesmo razão quando referia o poder de uma alimentação crua e/ou vegetariana na cura de muitas doenças inclusivé, das ditas incuráveis e na sua prevenção também!

 

A alimentação anti-inflamatória que devo levar agora, basea-se claro em evitar ou restringir a 100% a ingestão de alimentos ácidos que provocam inflamações (dores e doenças) no nosso corpo! Uma alimentação alcalina é na verdade o tipo de alimentação que todos deveriamos levar, afim de, evitarmos doenças e problemas de saúde específicos. Como método de cura esta alimentação é igualmente eficaz, "somos o que comemos" e é bem verdade.

 

Na minha alimentação, já não haverá espaço para carnes (carne vermelha, aves ou porco), ovos (a gema é extremamente ácida), refrigerantes, lácteos, trigo, manteigas/margarinas, bolos, bolachas, café, salgadinhos, pão branco, álcool, arroz branco e batata. Estes alimentos são extremamente ácidos e só irão agravar a minha inflamação, pelo que serão abolidos a 100% da minha alimentação. Já quase não os ingeria na verdade, mas agora esta minha decisão toma outra dimensão e outra importância. Agora não são só motivos de alimentação saudável, mas também de saúde. Como sabemos, uma pessoa alcoólica para se curar do vício tem de fazer uma abstinência a 100% de álcool verdade? Pois o que vou eu estou a seguir, vai de encontro a essa filosofia, ou seja, nem ingerir 10 nem 5% destes alimentos, uma vez que só assim iniciarei o meu processo de cura!

 

A minha intenção com esta mudança é a confirmar as suspeitas da doença, conseguir curá-la a 100% mesmo que a medicina a identifique como incurável. Sei que com esta alimentação alcançarei um corpo alcalino e em corpos alcalinos não há condições para as doenças se desenvolverem portanto, estarei a apostar forte na prevenção de doenças, mas também na cura do que já tenho. O resultado só trará coisas boas como saúde plena, energia contagiante, peso certo sempre e corpo definido e sem gorduras!

 

Iniciarei também já já hoje dia 7 um plano de exercícios, absolutamente genial e fantástico que promete uma barriga com "6 pack" e um abdominal sem gordura em apenas 12 semanas! Daqui a 3 meses já comprovo se resulta ou não :) mas tenho visto muitos resultados que me fizeram cair o queixo...

 

Por aqui continuarei a relatar o meu dia a dia e espero ter a vossa companhia sempre!"
 
 
Sem dúvida que foi bem mais fácil do que aquilo que imaginava há um ano atrás! Eu sempre fui daquelas pessoas que preferia carne a peixe. Em quelquer restaurante sempre olhava apenas para as refeições de carne e o peixe entrava em minha casa 1x por mês se tanto. Portanto, creio que o caminho mais difícil já o percorri. Agora, deixar de comer enchidos, charcutaria, peixe, atum ovos e marisco, será a meu ver bem mais fácil, mas por outro lado, vai requerer alguma planificação ou jogo de cintura os primeiros tempos. É que comendo ainda peixe e marisco, embora apenas quando ía a algum restaurante, sempre me dava mais opções de refeições. Agora sem os comer, vou ter de pedir a carta e ficar a pensar bem o que comer, mas nada que me assuste. Hei-de conseguir e daqui a um ano, hei-de estar a comemorar esta decisão, tenho a certeza!
 
 
Esta foi a minha última refeição com carne que fiz, ao jantar de dia 6 de Agosto de 2014:
 

DSC_0663.JPG

 

Agora abraço uma nova etapa! Mais uma!

Pode não ser uma etapa fácil, mas o fácil não é para mim, pelo que estou preparada para enfrentar este desafio a que me propus a bem da minha saúde e do meu bem-estar com peso certo todo o ano, sem dietas, sem restrições, sem contagem de calorias e refeições. Será uma etapa livre e feliz tenho a certeza.

 

libredecarne.gif

 

go-vegan.png

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Filipa a 06.08.2015 às 14:06

Boa sorte nesse desafio!
Eu não como carne à 12 anos (desde os 18) e bem sei o desafio que é em muitos restaurantes (no Norte então...) mas é possível :) eu como ovos, o que facilita mas sopa e salada há quase em todo o lado :)
Good Luck!

Bjs

Filipa
Imagem de perfil

De Ancaje a 06.08.2015 às 15:01

Olá Filipa, 12 anos é excelente, porém, não quero uma discrepância muito grande no meu caso entre deixar a carne e o resto de alimentos de origem animal, pelo que me sinto preparada para marcar uma vez mais o dia 6 de Agosto. Falta ver agora se consigo levar a bom porto este meu desafio de deixar charcutarias, lácteos, ovos, atum, peixes e mariscos como consegui com a carne!
Aqui onde vivo não servem sopas nos restaurantes, estamos muitas vezes com 40-49ºC, mas penso que com um legumes grelhados que se comem muito por aqui e umas saladas, me devo safar nos restaurantes. Beijinhos
Sem imagem de perfil

De Filipa a 07.08.2015 às 09:47

Olá,
Sei que vais conseguir! Basta ver a determinação com que tens atingido todos os desafios a que te vais propondo.
Aposta no gaspacho e, no limite, leva sempre contigo fruta!
Boa sorte.

Filipa

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sigam também pelo INSTAGRAM

Instagram

BIKINI BODY GUIDE - Kayla Itsines










Este blog está protegido por direitos de autor

Se quiser levar alguma foto, por favor entre em contacto primeiro para a devida autorização.


Calendário

Agosto 2015

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031