Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





O vício da comida cozinhada

por Ancaje, em 20.02.15

000.jpg

 

Em todos os Planos que criei até agora, temos sempre refeições livres à escolha para comermos o que mais desejamos. É normal que principalmente quem venha de uma alimentação tradicional, necessite desse miminho e todos os Planos estão estruturados a ponto, dessas refeições não tocarem nos bons resultados alcançados semana após semana. O problema está no vício e vínculo que todas temos com a comida cozinhada. Ela vicia e muito. É impossível depois de estar 2-3 dias a comer crus, comer algo cozinhado e não apetecer atrás dessa refeição, fazer outra refeição cozinhada e outra... num ciclo vicioso. Ao contrário, comendo o alimento mais indicado para a nossa espécie, a fruta e os legumes, isso já não acontece. 

 

Quem desde a nascença sempre foi crudívoro ou vegan, não sente tanto este vício por comida processada e cozinhada. Agora quem como eu viveu vinte e muitos anos a comer a todas as refeições alimentos que não fruta ou legumes, vai sempre sentir uma grande dificuldade em manter uma boa alimentação crua após uma refeição cozinhada. Estão a ver as pessoas com vícios, tipo as alcoolicas, que não podem mesmo tocar em alcool para se curarem? Com a comida é exatamente o mesmo. Ela vicia tanto, que o mais fácil para quem quer ter uma vida sem problemas de peso ou saúde, seria mesmo nem tocar em cozinhados pelo menos durante uns bons meses, até conseguirmos controlar a nossa mente em relação ao nosso objecto e ao caminho que queremos mesmo seguir.

 

Outra coisa que nos leva a sonhar por comida, coisa que digo-vos já é tudo menos normal, é o facto de comermos pouca fruta e poucos legumes ou gorduras saudáveis. Quando há um desiquilibrio nas quantidades certas que devemos ingerir por dia, mais tarde ou mais cedo, o nosso corpo vai começar a pensar em bolos, fritos, refrigerantes, pizzas... tudo menos saudável e não é por necessidade é mesmo porque o nosso corpo aproveitando uma falha nossa nas quantidades, aproveita-se para ir buscar o que lhe vicia.

 

Quando fiz a Dieta dos 31 Dias, senti logo no 1º mês um cansaço enorme e atroz, como nunca tinha sentido. Tenho imensas escadas em casa e lembro-me de parar a meio sem força nas pernas para as subir. Falta de fruta... era essa a razão... 15 dias sem 1 única peça de fruta é uma tortura para o nosso corpo e saúde. E mesmo quando se insere a fruta, comer apenas 1 peça por dia é completamente absurdo, pouco e ridículo, quando se pode comer salsichas sem quantidade máxima... algo estava mal e uns meses mais tarde o meu corpo acabou por ceder.

Precisamos de fruta como combustível principal para o nosso corpo. A fruta é um carboidrato de quem muitas pessoas em dieta fogem, mas sem razão nenhuma para isso. É um carboidrato simples, não complexo como outros. Não necessitamos de energia para a digerir já que está cheia de enzimas que a digerem praticamente sozinhas. Não tenham medo de comer muita fruta por dia, o principal é evitem gorduras isso sim pode causar aumento de peso, principalmente as gorduras cozinhadas. Agora a fruta? A fruta é o alimento perfeito para vivermos longe de ansiedades, compulsões alimentares, problemas de saúde, prisão de ventre, falta de concentração e energia, etc etc...

 

Comam fruta suficiente, nas horas ideais, assim como os legumes e gorduras saudáveis e jamais sonharão com comida ou passarão o dia a desejar tudo e mais alguma coisa. 

 

Mantenham-se saudáveis, mantenham-se saciedadas e energéticas, com os alimentos certos e vivam sem problemas de peso ou de saúde! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sigam também pelo INSTAGRAM

Instagram

BIKINI BODY GUIDE - Kayla Itsines










Este blog está protegido por direitos de autor

Se quiser levar alguma foto, por favor entre em contacto primeiro para a devida autorização.


Calendário

Fevereiro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728