Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ancaje - Vida Saudável

... aqui vou registando diariamente, detalhes da minha reeducação alimentar com base Crudivegana. Nesta minha nova forma de viver aprendo a comer, a valorizar-me, a dar valor ao realmente importa, a amar mais e a viver em plenitude.

... aqui vou registando diariamente, detalhes da minha reeducação alimentar com base Crudivegana. Nesta minha nova forma de viver aprendo a comer, a valorizar-me, a dar valor ao realmente importa, a amar mais e a viver em plenitude.

Ancaje - Vida Saudável

02
Jan17

Gastrite, colite e úlceras – O que são?


Ancaje

Um dos problemas de saúde de que sofria bastante e desde os meus 12 anos, vinha do sistema digestivo! Tinha diagnosticada uma gastrite crónica e já tinha passado até pela bastéria Helicobacter pylori!

Com uma alimentação saudável, natural e à base de fruta, tudo isso desapareceu! Até o que a medicina tradicional intitula por "crónico"!!!

 

Gastrite, colite e úlceras – O que são?

A gastrite é um problema agudo ou, mais frequentemente, crónico, que consiste numa inflamação da mucosa do estômago. Do ponto de vista estatístico, hoje em dia metade das pessoas que habitam este planeta sofre de gastrite.

 

A úlcera é uma ferida na mucosa do duodeno ou estômago, que se recusa a cicatrizar e periodicamente piora (muitas vezes apenas com stress, nervos e  estados emocionais negativos). Cerca de 10% da população sofre com esse mal ao longo da vida.

 

A colite e hemorróidas são alterações degenerativas e inflamatórias do cólon e ânus, que tendem para a cronicidade e periodicamente pioram ou melhoram. Praticamente cada segunda pessoa hoje em dia sofre de pelo menos um dos dois problemas, o que é no mínimo chocante.

 

Tudo isto para dizer que o tracto gastro-intestinal sofre com tanta frequência, que para muita gente o mal-estar como inchaço abdominal, gases, ardência, obstipação, etc. passam a ser vistos como algo normal. Isto só mostra que estamos de tal forma afastados da natureza, que já olhamos para a doença como um estado normal.

 

Como podemos ultrapassar tudo isto?  

Não faz sentido usar medicação para tratar sintomas como os acima mencionados, para um dia ter que lidar também com cancro – o estádio mais avançado de degeneração dos órgãos.

 

Tendo em conta a forma como vivemos hoje em dia, torna-se cada vez mais necessário e urgente implementar um sistema de alimentação natural, que deve passar a ser a alimentação do ser humano do século XXI. Ao fazer isso, normalmente conseguimos comprovar que, mudando a nossa alimentação, da gastrite, colite e úlceras não resta nada passadas umas 3 semanas. E quem diz estes três problemas, podia aplicar exactamente a mesma lógica a muitos outros, obtendo os mesmos resultados.

 

O nosso corpo muitas vezes dá todo o tipo de sinais (dos mais subtis aos mais óbvios) durante anos e por vezes até décadas. Sinais esses que muitas vezes as pessoas ignoram por completo ou suprimem com algum comprimido. Até quando, já preocupadas, vão ao médico para fazer análises, os exames muitas vezes voltam sem alterações significativas e o médico manda as pessoas para casa, deixando-as descansadas que tudo está bem com a sua saúde – mesmo que continuem a existir queixas, corpos quase esféricos, caras avermelhadas, palpitações, dorzinhas com origem desconhecida e sintomas soltos. E eis que apesar disso, as pessoas continuam a viver as mesmas vidas e a comer as mesmas coisas, até ao dia em que realmente apanham o maior susto das suas vidas.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D